Sec XX

O Século XX

Trechos do livro Mind’s Eye Theatre: Vampire The Masquerade Ed. 2013.
Tradução livre por BNS Project.

O século 20 viu uma série de conflitos devastadores e mudanças no mundo, à medida que os mortais se adaptaram à rápida industrialização, conflitos políticos e mudanças sociais. A abdicação e assassinato do Czar Nicolau II e a ascensão do comunismo soviético quase inflamaram uma guerra entre vários Ventrue e Brujah Europeus.

A Primeira Guerra Mundial prejudicou a estabilidade da Camarilla, uma vez que as piores batalhas do conflito ocorreram na Europa dominada pela Camarilla, permitindo ao Sabá uma latitude sem precedentes para lançar invasões de vingança sem arriscar seus próprios territórios. No entanto, apenas uma década depois, o Sabá perdeu os preciosos ganhos que fizeram durante a devastação econômica da Grande Depressão. Poucos de seus rebanhos e peões mortais eram do devido demográfico econômico capaz de enfrentar a crise.

No final do século XIX e início do século XX, a expansão colonial britânica reivindicou uma parcela substancial do subcontinente indiano. Muitas famílias britânicas seguiram seus rebanhos em busca de novos territórios, mas descobriram rapidamente que os Ravnos, um clã que antes acreditava ser desabrigado e nômade, já reivindicara grande parte dessas terras. As batalhas sobre o território indiano reivindicaram a vida de anciãos importantes, trazendo tensões a um novo patamar. Eventos em outros lugares do mundo impediram a Camarilla de dar toda a atenção à Índia, e os anciãos locais rapidamente perceberam que não podiam vencer uma guerra. Como resultado, ambos os lados concordaram em uma paz mutuamente benéfica.

A Segunda Guerra Mundial testou os limites da Máscara. Inicialmente, vários anciãos europeus, particularmente dos clãs Ventrue, Toreador e Tremere, apoiaram os poderes do Eixo, usando-os como uma barreira para se proteger contra uma segunda invasão do Sabá. No entanto, uma vez que a descoberta dos campos de concentração vazou, muitos Membros se opuseram aos nazistas com todas as forças e influências que puderam reunir.

O Círculo Interno recusou-se a escolher lados neste conflito mortal. Os Justicars estavam fortemente divididos entre apoiar o bem maior para a Camarilla ou a população mortal do mundo. Como resultado, eles apoiaram, frustraram ou tentaram manipular a máquina de guerra de Hitler de acordo com suas ambições e moralidades individuais. No entanto, tornou-se manifestamente evidente para todos, exceto para os Membros mais iludidos, que Adolph Hitler era um perigo para o mundo. Ainda assim, a guerra e o Holocausto criaram fendas entre muitos clãs Camarilla e Membros, e enquanto a guerra se enfureceu, parecia que aquelas feridas nunca se curariam.

Esta situação mudou rapidamente, no entanto. O medo e o terror empurraram fendas políticas para o passado quando os Estados Unidos deixaram a bomba atômica em Hiroshima. Os mortais agora possuíam a capacidade de destruir uma cidade inteira, talvez o mundo, em um piscar de olhos. Não desde as noites da Inquisição tinha havido tão grande argumento para a preservação da Máscara.

O Mistério de Milov Petrenkov

Gangrel Fundador da Camarilla, Milov Petrenkov, assinou a Convenção de Espinhos e induziu o Clã Gangrel na Camarilla em 1493. Serviu corajosamente por centenas de anos e depois desapareceu de vista pouco depois da Segunda Guerra Mundial. Alguns acreditam que Petrenkov caiu em torpor nas regiões selvagens da África. Outros especulam que ele poderia ter fugido dos Laibon.

A falta de sua presença no Círculo Interno permitiu que Xavier fizesse o impossível e guiasse os Gangrel para fora da Torre de Marfim. Agora que os Andarilhos voltaram para a Camarilla, o retorno de Milov Petrenkov poderia estar por trás?

A Estrela Vermelha

"Eu poderia ter esperado isso de um filhote, mas não de você, Tanner - me trazer aqui com um pequeno exército de Gangrel para destruir um Toreador solitário".
- Xavier de Calais, ex-Justicar Gangrel.

Em julho de 1999, uma Estrela Vermelha brilhava no céu, sinalizando uma série de mudanças que se tornariam conhecidas como a Semana dos Pesadelos.

O Sabá viu este evento como uma santa revelação e iniciou uma cruzada imediata. Eles abraçaram grandes quantidades de mortais, levando-os para Camarilla em ondas selvagens. A Espada de Caim avançou sobre as cidades de Atlanta e Washington, DC em um assalto sangrento. A guerra entre as seitas reiniciou, provocando conflitos em toda a Europa e nas Américas.

Durante essas batalhas, o Justicar Gangrel, Xavier de Calais, descobriu uma criatura assustadora debaixo da cidade de Nova York, que ele acreditava ser, indiscutivelmente, um sinal claro do despertar de um antediluviano. Xavier voltou do campo de batalha para falar com o Círculo Interno da Camarilla, mas não conseguiu convencê-los de que o surgimento dos antediluvianos representava um perigo para a seita. Irritada pelo que viu como falta de pragmatismo contra uma ameaça a seu clã e ao mundo, Xavier renunciou a seu cargo como Justicar, abandonando a Camarilla. Furiosos pelo sacrifício aparentemente inútil de seus irmãos de clã, a maioria dos Gangrel, seguiu, declarando-se independente e não devendo mais fidelidade à Camarilla.

Depois que a estrela apareceu, mais e mais Caitiff começaram a aparecer em todo o mundo. Esta proliferação de vampiros de sangue fraco danificou muito a Máscara, e a Camarilla apertou sua segurança bruscamente, tentando desesperadamente conter a maré. Essas medidas de segurança incluíram a erradicação dos Caitiff não reclamados; muitos anciãos da seita deliberadamente fecharam os olhos para este massacre.